top of page

Dia Internacional do Ciclista 

foto
Ciclovia da Avenida Marquês de Paraná.

No dia 15 de abril é comemorado o Dia Internacional do Ciclista. Ao longo dos últimos anos, a Prefeitura de Niterói tem desenvolvido projetos envolvendo várias secretarias que incentivam o uso da bicicleta como meio de transporte, já que esta é sustentável, econômica e não poluente.

A mobilidade ativa é utilizada em diversos países como forma de solucionar as dificuldades da mobilidade nos grandes centros urbanos. Em Niterói, até o início de 2022 existiam 50 km de ciclovias implantadas e neste ano o município firmou o compromisso de entregar mais 70 km até o ano de 2024 por meio das ações do Plano 450 anos.   

A NitTrans participa da implantação dos projetos de ciclovias da cidade desenvolvidos pela Coordenadoria Niterói de Bicicleta avaliando e fazendo a adequação do projeto à estrutura da via e executando a sinalização vertical e horizontal. Para a execução da pintura, é necessária a realização de três etapas prévias: Estudo do local; Medição da área a ser pintada e pré-marcação da pintura.

Após a demarcação da área a ser pintada, a equipe de sinalização da NitTrans realiza a pintura mecânica dos bordos e das linhas contínuas e seccionadas com o auxílio do caminhão com maquinário de pintura mecânica automatizado. A pintura dos pictogramas é feita de forma manual e é utilizada como reforço do sinal de regulamentação de circulação exclusiva de bicicletas.  

Quanto às linhas utilizadas nas ciclovias e ciclofaixas, as do tipo seccionadas de cor amarela são utilizadas para dividir os fluxos opostos de circulação, delimitando o espaço disponível para cada sentido. Já as linhas contínuas brancas e vermelhas delimitam a parte da pista de rolamento destinada à circulação exclusiva de bicicletas. A linha branca é usada nos bordos da ciclofaixa e a vermelha é usada para contraste.

Elemento importante para garantir proteção de quem transita de bicicleta, as microesferas Drop On são utilizadas em conjunto com a tinta de sinalização horizontal viária, e podem ser aplicadas manualmente ou por aspersão sobre as tintas instantes depois da pintura, assegurando sua refletividade e durabilidade.

Em relação aos elementos indicativos para o condutor, a linha de retenção indica o local limite em que este deve parar. Em locais onde houver semáforo, é obrigatória a colocação de linhas de retenção para todas as aproximações do cruzamento, obedecendo à mesma distância determinada para as faixas de travessia de pedestres.

Também são elementos indicativos presentes nas ciclovias as setas que orientam os fluxos de tráfego, indicando o correto posicionamento dos ciclistas e pedestres nas faixas e os tapetes vermelhos, que mostra aos condutores de veículos a existência de um cruzamento ou ponto de ônibus, entre a pista de rolamento e uma ciclovia ou ciclofaixa.

A sinalização vertical de uma ciclovia ou ciclofaixa é composta pela instalação de placas, que são divididas entre advertência e regulamentação. As placas amarelas advertem o ciclista que há alguma interferência à frente, como uma travessia de pedestres ou ponto de ônibus. Já as placas confeccionadas em vermelho e branco servem para regulamentar toda a área de extensão das ciclovias e ciclofaixas.

A segurança das ciclovias é realizada por meio da instalação de segregadores e tachões. Os segregadores são amplamente utilizados nas vias da cidade e têm como função isolar determinada área da pista, assim evitando que veículos trafeguem pela ciclovia. Já os tachões são aplicados como forma de delimitar locais e restringir o acesso, além de diminuir a velocidade dos veículos em áreas de risco, garantindo mais segurança aos ciclistas. 

bottom of page