top of page

NitTrans participa de ação de conscientização no trânsito

Esquete teatral - ArteCorpo1.jpeg

Atividade aconteceu de forma teatral em faixas de pedestre próximas às escolas

 

Durante esta semana, a equipe de Educação para o Trânsito da Niterói Trânsito e Transportes (Nittrans) participou de uma ação de conscientização que aconteceu em faixas de pedestres próximas às escolas da cidade e também contou com o suporte dos operadores nas vias. A atividade foi uma parceria com a Companhia Teatral Artecorpo, uma das contempladas no Edital Saúde e Cultura, da Prefeitura de Niterói.

 

A ação foi desenvolvida nos bairros de Icaraí (Rua Miguel de Frias) e também no Barreto (Rua Dr. Luiz Palmier). Priscila Rocha, chefe do departamento de Educação Para o Trânsito da NitTrans, conta que nesta época do ano, há o retorno gradativo das aulas.

 

“Todos os semestres, nossa equipe realiza atividades de conscientização no trânsito próximas às escolas de Niterói. Fomos procurados pelo grupo Artecorpo para participar das esquetes teatrais e sugerimos que as apresentações fossem em locais que sabemos que, neste período de volta às aulas, há grande fluxo de veículos e pedestres e, com o aumento do fluxo, conflitos”, explicou.

 

Priscila ressalta ainda a relevância de ter, em um edital voltado para a saúde, um eixo que leve em consideração a segurança  viária, conscientização e educação para o trânsito.

 

“Isso reforça ainda mais a importância de orientar e conscientizar para que veículos,  motocicletas, ciclistas  e pedestres tenham atitudes responsáveis e empáticas no trânsito. Só através do respeito que faremos um trânsito com menos conflitos e, consequentemente, menos sinistros”.

 

A Artecorpo foi uma das contempladas no edital lançado pela Prefeitura. A cia tem 21 anos de atuação em Niterói e realiza espetáculos para todas as idades. No edital, a cia optou por trabalhar em algo que estivesse dentro da categoria violência. 

 

“O diálogo com o público é uma das marcas da cia que está sempre com a escuta atenta e pronta para interagir. No edital Saúde e Cultura, fizemos uma parceria com a Di Paula Artes para apresentarmos uma intervenção cênica sobre violência no trânsito. Aproveitamos esse desejo de utilizar a rua como espaço cênico e propusemos uma cena para os motoristas que acontecesse na Faixa de Pedestres na duração do sinal fechado”, disse Rachel Palmeirim.

bottom of page